NOTÍCIAS DO PROJETO


Apresentação do Projeto da "Escola de Surf Bananinha" na empresa "Involves Tecnologia e Inovação".

Obrigado Vinicius Santos por escolher o projeto, e por proporcionar essa oportunidade ao Leandro Elias.
Obrigado a empresa Involves, por acreditar e incentivar um projeto tão lindo como esse



Click aqui para assistir o vídeo do Globo Esporte 01//01/2016

Mineirinho conheceu Escolinha de Surfe e fez doações (Foto: Tuliana Rosa/Especial)Mineirinho conheceu Escolinha de Surfe e fez doações (Foto: Tuliana Rosa/Especial)
Cerca de duas semanas depois de ser campeão mundial, o surfista Mineirinho apareceu em Imbituba, no Litoral Sul de Santa Catarina, para uma boa ação. Ele escolheu um projeto social para visitar, doar roupas de borracha e pranchas e, de quebra, dar uma aula para a criançada. Na tarde desta quarta-feira, o atleta conheceu de perto a Escola de Surf do Bananinha, na Praia do Porto.
Mineirinho projeto social Santa Catarina (Foto: João Batista Coelho / Divulgação )Campeão mundial surfou em prancha feita de garrafas (Foto: João Batista Coelho / Divulgação )
O projeto social atende a mais de 150 alunos e existe há mais de 14 anos. Durante a ação, Mineirinho conversou com as crianças e soube detalhes do projeto, que foram descritos pelo professor de surfe Leandro Elias, o Bananinha. 
O professor contou a reação que teve quando recebeu uma mensagem de Mineirinho. No início, Bananinha demorou para acreditar no que tinha lido. O campeão mundial "se convidada" para dar uma aula a seus alunos e doar material esportivo.
- Na hora que recebi mensagem já fiquei emocionado, eu estava sozinho. Pensei: “Será? É ele mesmo?” Não acredito, me deu um arrepio. Fui correndo avisar o meu melhor amigo e só conseguia dizer: “Não acredito cara, é ele mesmo!” – diz Leandro Elias.
Campeão do mundo, no dia 17 de dezembro, Adriano de Souza aproveitas as merecidas férias depois de uma temporada intensa, em Santa Catarina. No último domingo, em uma rede social, Mineiro solicitou para os seus seguidores que enviassem dicas de projetos sociais ligados ao surfe, e surgiu a Escolinha de Surfe do Bananinha entre as mais citadas.

Mineirinho surpreende professor de surfe e "se convida" para dar aula

Campeão mundial manda mensagem para instrutor de Imbituba e marca encontro para esta quarta, às 16h; Escolinha do Bananinha atende mais de 150 jovens em SC

Por Florianópolis
Adriano de Souza Mineirinho  pódio Pipeline surfe (Foto: Divulgação/WSL)Adriano de Souza fará visita nesta quarta ao projeto social do Bananinha (Foto: Divulgação/WSL)
Imagine a reação do professor de surfe, Leandro Elias, ao receber em uma rede social a seguinte mensagem, na manhã da última terça-feira:

- Fala Leandro, beleza? Cara, queria enviar umas roupas de borracha ai para a criançada, e, com certeza, se eu conseguir ir aí, em Imbituba, para da uma aula...vai ser massa. Grande abraço, Mineiro.

Quando olhou para o celular, Bananinha, como é conhecido, não acreditou. Alguns minutos se passaram para que pudesse dar conta que havia acabado de receber uma mensagem do campeão mundial de surfe. Nesta quarta-feira, às 16h, em Imbituba, no Litoral Sul de Santa Catarina, Mineirinho não só estará presente na Escolinha de surfe, como também dará uma aula para os mais de 150 alunos do projeto social, existente há mais de 14 anos. 
- Na hora que recebi mensagem já fiquei emocionado, eu estava sozinho. Pensei: “Será? É ele mesmo?” Não acredito, me deu um arrepio. Fui correndo avisar o meu melhor amigo e só conseguia dizer: “Não acredito cara, é ele mesmo!” – diz Leandro Elias.
escola bananinha surfe imbituba santa catarina (Foto: Divulgação / Escola de Surfe Bananinha)Escola de surfe do Bananinha, de Imbituba, atende 150 jovens ao longo do ano (Foto: Divulgação / Escola de Surfe Bananinha)




Campeão do mundo, no dia 17 de dezembro, Adriano de Souza aproveitas as merecidas férias depois de uma temporada intensa, em Santa Catarina. No último domingo, em uma rede social, Mineiro solicitou para os seus seguidores que enviassem dicas de projetos sociais ligados ao surfe, e surgiu a Escolinha de Surfe do Bananinha entre as mais citadas.

Leandro Elias não conhece Mineiro pessoalmente, mas a indicação de sua escolinha para o campeão mundial lhe dá a certeza e orgulho de que seu trabalho está sendo bem feito. No projeto, as crianças, a partir de cinco anos, só precisam apresentar o boletim com a frequência escolar em dia para poderem ser matriculadas. Surfista, Bananinha empresta e doa as próprias pranchas - e também outras que ganha nos eventos que participa – para os alunos.  
escola bananinha surfe imbituba santa catarina leandro elias (Foto: Divulgação / Escola de Surfe Bananinha)Leandro Elias (direita) receberá o campeão mundial nesta quarta (Foto: Escola de Surfe Bananinha)
- Nunca esperei por ninguém, nem um tapinha nas costas. Todo mundo faz isso quando dá certo, mas no começo foi duro, cheguei a procurar ajuda médica, pois era pesado. Faço com amor e carinho, mas hoje consigo olhar com orgulho para o que faço. Se o campeão do mundo está vendo, isso significa muito - falou.

Nesta quarta-feira, certamente Leandro Elias e todas as crianças do projeto, na Praia do Porto, terão uma tarde memorável em Imbituba.


Reportagem do Notísul 
30 de Dezembro de 2015 às 01:43min

Surfe

Mineirinho ministrará aula na região

O campeão mundial participará hoje de uma atividade na qual os maiores beneficiados são crianças e adolescentes de 5 a 15 anos


Imbituba
Depois de 
primeira vez o Circuito Mundial de Surfe (WCT) no último dia 17 em Pipeline, no Havaí, o surfista Adriano de Souza, o Mineirinho, estará na região para participar de um projeto social. Ele dará um grande presente às crianças e aos adolescentes beneficiados pela Escola de Surfe Bananinha, na Praia do Porto, no bairro Vila Alvorada, em Imbituba. 
O integrante mais experiente do Brazillian Storm ministrará uma aula de surfe dentro e fora d’água para os alunos da escolinha, garante Leandro Elias, o Bananinha. “Ele entrou em contato comigo por meio de uma página na rede social e ofereceu doações de roupas de borracha e uma visita com direito a aula para as crianças. Quase não acreditei, mas sem dúvida fiquei muito feliz”, vibra.
Bananinha está à frente da escolinha há 14 anos. O atleta catarinense é o atual campeão dos circuitos imbitubense e lagunense na categoria máster. O tutor do projeto é funcionário público e dedica parte de seu tempo ao esporte e à educação das crianças e não cobra nada por isso. Entretanto, a falta de incentivo do empresariado e do poder público tem desanimado o surfista. 
“Estamos há 14 anos chamando a atenção para que alguém invista na garotada. Todos passaram de ano, não cobramos dinheiro pra ensinar a surfar, mas queremos ver o boletim, tanto que é uma condição para a participação e o que tiver as melhores notas ganha uma prancha e roupa”, conta o surfista da região.
Um dos clássicos da teoria política diz que para conhecer o homem, dê poder a ele. Adriano Mineirinho (foto abaixo) acaba de conquistar o título de campeão mundial do surfe. Poderia, tranquilamente, se dar ao luxo de curtir as merecidas férias na Praia do Rosa, sem se preocupar com nada nem com ninguém. Seria justo. 
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS
Mas Mineirinho, mesmo no topo, não esquece da origem humilde. Tanto que nesta quarta-feira, dia 30, antevéspera do Réveillon, ele vai até a Praia do Porto, em Imbituba, para dar uma aula à turma do também surfista Leandro Elias, mais conhecido como Bananinha (na foto com os alunos). O projeto social oferece treinos para crianças carentes de 5 a 15 anos. Nestes 14 anos, Bananinha nunca cobrou um real de quem quer que seja. A única exigência é ter boas notas na escola. Por suas mãos já passaram 500 jovens. 
Foto: Reprodução / Youtube
Mineirinho conheceu o projeto por meio de um vídeo na internet da Assembleia Legislativa, do programa Gente Que Faz a Diferença. O campeão do mundo procurou Bananinha também via rede social e se dispôs a dar uma aula para a galera, além de doar roupas de surfe para a garotada. 
Bananinha se mantém como funcionário público e conta que nunca recebeu nenhum tipo de apoio, além do auxílio de alguns moradores da Zimba, forma carinhosa com que os surfistas se referem à Imbituba.  
Nesta quarta, a partir das 16hO número um do surfe em 2015 vai cair na água junto com os alunos do homem que já formou dezenas de atletas e centenas de cidadãos. E Bananinha não esconde a ansiedade. 
Mineirinho quer usar poder da conquista para ajudar a transformar sonhos em realidadeMais do que vitorioso no esporte, tem coração de campeão na vida. Confira abaixo o vídeo sobre o trabalho de Bananinha.


Dia 24/12 Aconteceu Uma festa de Encerramento e natal da Escolinha do Bananinha 2015. Anderson Júnior Fez Doação de 4 pranchas, DELAS Sendo Uma Ao Melhor aluno escola (boletim) / JUNTO COM leashs de surfe e quilhas e Roupas Novas e Usadas boas. Página Outros apoiadores Deram balas e TEM o Apoio anual da Bants informática (Robson) que doa internet anual e este ano doou hum Computador. Parabéns Banana Leandro Elias e Comunidade! Feliz natal e Que ilumine o Projeto social.
Postado por Anderson Martins em Sexta, 25 de dezembro de 2015

Dia 24/12 Aconteceu Uma festa de Encerramento e natal da Escolinha do Bananinha 2015. Anderson Júnior Fez Doação de 4 pranchas, DELAS Sendo Uma Ao Melhor aluno escola (boletim) / JUNTO COM leashs de surfe e quilhas e Roupas Novas e Usadas boas. Página Outros apoiadores Deram balas e TEM o Apoio anual da Bants informática (Robson) that doa internet anual e este ano doou hum Computador. Parabéns Banana Leandro Elias e Comunidade! Feliz natal e Que ilumine o Projeto social.